Putumayo

agosto 17, 2007

O mercado fonográfico vem passando por poucas e boas nos últimos anos. Perdendo cada vez mais porcentagem nas vendas para a pirataria (o lado ruim) e a internet (o lado bom), que vieram como novas e avassaladoras oportunidades para os apaixonados por música.

O preço e a conveniência destes dois meios são grandes diferenciais competitivos, quando comparadas às tão arcaicas gravadoras.

Mas é no meio de um turbilhão como esse, que surgem pessoas com uma visão diferente. Eu falo da Putumayo Records. Enquanto gigantes como EMI e Warner amargam mais um ano de queda, esta pequena gravadora comemora seu crescimento.

Sua proposta principal é focar seus investimentos em nicho de mercado. Ela não trabalha com divulgação em mídias tradicionais (TV, rádio, outdoor, etc) e direciona seus esforços na comunicação em ponto-de-venda e na distribuição em locais onde o seu público está (cafés, livrarias, bazares e cidades turísticas) – geralmente pessoas com faro musical exigente e apurado.

Com sede em Nova York e escritórios na África do Sul, Austrália, Holanda, Japão e Rio de Janeiro, a Putumayo “usa” formadores de opnião (os nichos) para transformarem o boca-a-boca em sua maior ferramenta de propagação.

Os preços dos CD´s giram em torno de 15 euros e pelo site dos caras você vê uma diferença clara de linguagem: todo ele é ilustrado com um estilo muito parecido com o da literatura de cordel.

* Curiosidade: no site, na seção Blues, no CD Blues Around the World, tem uma faixa do Blues Etílicos, uma das mais tradicionais bandas de blues brasileiro – 10 discos lançados e 20 anos de carreira.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: